Orthodontic
Unipam topo-vestibular
Unipam topo-vestibular

Patos de Minas participará de pesquisa para mapear incidência de Covid-19

O estudo pioneiro fará levantamento da incidência do coronavírus no Brasil por meio de análise por amostragem

Terça 12/05/2020 - André Amâncio
Fonte: Prefeitura de Patos de Minas
Patos de Minas participará de pesquisa para mapear incidência de Covid-19
Sicoob Credipatos 1

Patos de Minas é um dos 133 municípios brasileiros que participarão de estudo para estimar o número de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus no país. A pesquisa, coordenada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) com financiamento do Ministério da Saúde, ajudará a identificar o número de pessoas que possuem anticorpos para Covid-19. Além de entrevistas, o Ibope, empresa responsável pela coleta dos dados, realizará testes rápidos nos entrevistados. Os resultados obtidos por meio da pesquisa serão analisados pela UFPel, podendo ser utilizados para tomada de decisões em relação às medidas de enfrentamento à disseminação da doença.

O levantamento desses dados será feito em três etapas, com a realização de cerca de 33 mil testes em cada uma delas. Patos de Minas está entre as 11 cidades mineiras sorteadas para participar do estudo, e, no total, terá 750 pessoas entrevistadas. A previsão é que, ainda esta semana, os testes e entrevistas sejam realizados no município.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Geize Carla Soares Marques, "essa pesquisa significa uma importante ferramenta para estimar o percentual de patenses infectados com o SARS-CoV-2, determinar o percentual de assintomáticos, avaliar os sintomas mais frequentes e analisar a evolução quinzenal da prevalência de infectados. Além disso, as informações coletadas permitirão cálculos precisos da letalidade da doença, estimativa de recursos hospitalares e possibilitarão um desenho de estratégias de abrandamento das medidas de isolamento social."

A equipe de profissionais do Ibope fará visitas à população patense acompanhada pelos agentes de combate a endemias. A medida, segundo a representante da Vigilância em Saúde, é uma forma de auxiliar os entrevistadores e proporcionar tranquilidade às pessoas, visto que elas já conhecem os profissionais do Programa Municipal de Combate à Dengue responsável por seu domicílio.

É importante destacar que os entrevistadores foram treinados por profissionais de saúde, recebendo capacitação necessária para adequada utilização de equipamentos de proteção individual, de forma a não colocar em risco a própria saúde nem a dos entrevistados. Além disso, todos os que vão participar da coleta de dados foram instruídos quanto à abordagem da população, realização do teste e interpretação dos resultados.


Compartilhe


Comentários

MT Imports
Padaria Nova Viçosa
UDI Telecom2
Informe Prefeitura
MT Imports
Padaria Nova Viçosa
UDI Telecom2
Informe Prefeitura