Orthodontic
Observatório 2023
Observatório 2023

Organização da Copa Amapar pede mais 72 horas para definir campeão; relatório foi encaminhado à Comissão Disciplinar

Nota oficial foi divulgada na tarde desta segunda-feira (29), quando jogadores e torcedores já aguardavam uma posição definitiva sobre o que ocorreu na partida final

Terça 30/05/2023 - André Amâncio
Fonte: JP Agora (foto: Guilherme Medeiros)
Organização da Copa Amapar pede mais 72 horas para definir campeão; relatório foi encaminhado à Comissão Disciplinar
Sicoob Credipatos 3

A organização da Copa Amapar Sicredi 2023 informou, em nota oficial, que vai divulgar o resultado das análises a respeito da final da competição em 72 horas. Segundo informado, os relatórios foram encaminhados à Comissão Disciplinar e o prazo é necessário para que se chegue à conclusão das causas da interrupção da partida aos 13 minutos do segundo tempo.

O JP Agora teve acesso à nota. Segundo informa a Comissão Organizadora, a súmula e o relatório do árbitro, assim como o relatório do coordenador da competição que esteve presente no local foram entregues, nesta segunda-feira (29), à Comissão Disciplinar, que terá 72 horas para apresentar um relatório sobre as causas e responsáveis pela interrupção da partida aos 13 minutos do segundo tempo.

Enquanto isso, o público em geral já aguardava uma posição definitiva da organização, já que ficou constatado, ainda no sábado, que foi o próprio time do Carajás Fluminense, de Patrocínio, que resolveu abandonar a partida e, segundo a regra profissional, caracteriza abandono, dando a vitória ao time de João Pinheiro.

O que dizem os torcedores

Para a torcida de João Pinheiro, apesar de serem suspeitos para falar em razão da paixão que sentem pelo time da casa, a equipe do Carajás já vinha mostrando cansaço e tomaria a virada mais cedo ou mais tarde. A Seleção Pinheirense vinha crescendo no jogo, empurrada pela torcida que entendeu seu papel e começou o segundo tempo empenhada em buscar a vitória, cantando o tempo inteiro.

“Estávamos no nosso melhor momento da partida. Fizemos dois gols importantíssimos e estávamos embalados demais em busca da virada. Por isso que a postura do time de Patrocínio fica ainda mais amadora. Apesar de estarmos melhor na partida, eles ainda venciam o confronto. Não faz sentido nenhum o que fizeram. Foram infantis” relatou Gustavo Silva à redação do JP Agora.

O JP Agora seguirá acompanhando o desenrolar do caso e, assim que tivermos novidades, publicaremos em primeira mão.


Compartilhe


Comentários

Terabyte-336
Prefeitura de P.O
Padaria Nova Viçosa
Terabyte-336
Prefeitura de P.O
Padaria Nova Viçosa