Orthodontic
Vestibular Agendado UNIPAM
Vestibular Agendado UNIPAM

Família pede ajuda para custear tratamento de criança de 4 anos internada em estado gravíssimo

Quarta 01/12/2021 - André Amâncio
Fonte: JP Agora
Família pede ajuda para custear tratamento de criança de 4 anos internada em estado gravíssimo
Sicoob Credipatos 3

A família do pequeno pinheirense Heitor de apenas 4 anos de idade está precisando da solidariedade de seus conterrâneos. Priscila Pacelle Silva Santiago, mãe da criança, contou ao JP Agora em entrevista que seu filho foi diagnosticado com encefalite viral e está sendo tratado na UTI de Patos de Minas. O caso é gravíssimo e o tratamento, que pode durar meses, é muito caro.

A mãe de Heitor contou que ele deu uma crise convulsiva por volta das 02 horas e, por um milagre, o pai resolveu ir em seu quarto naquele instante em que ele convulsionava. A criança estava bem e não havia apresentado nenhum sintoma antes desta crise, segundo contou Priscila.

Já no Hospital de João Pinheiro, Heitor foi medicado com diazepan e a junta médica iniciou os procedimentos para descobrir do que se tratava. Após uma tomografia, um cisto foi descoberto na cabeça do pequeno, motivo pelo qual ele foi remetido para Patos de Minas às pressas. Iniciava-se, ali, a luta da família.

Depois de o Hospital Regional ter se negado a receber Heitor, a família resolveu procurar providências por conta própria, mas encontraram dificuldades para encontrar assistência até na rede particular. Até que o pediatra de Heitor resolveu atendê-lo no Hospital Vera Cruz. Realizados mais exames, veio o diagnóstico de encefalite viral.

A encefalite viral é uma inflamação do sistema nervoso central que provoca a inflamação do cérebro. Em razão da gravidade do caso, Heitor está internado na UTI e o tratamento está custando, em média, cerca de R$5.000,00 (cinco mil reais) a cada três dias. Por isso, a família pede ajuda e doações de qualquer valor.

“O Heitor sempre foi uma criança normal, saudável, brincalhona, carinhosa, aconteceu do nada. No primeiro dia, os médicos deram a ele 5% de chance de vida, mas ele vêm reagindo bem às medicações. Já pagamos R$20.000,00 (vinte mil reais) para o hospital, mas o médico falou que ele pode ficar aqui até 60 dias, mas não tem como ter uma previsão, por isso estamos pedindo a ajuda de vocês, qualquer quantia doada será muito bem vinda, para que o nosso pequeno Heitor consiga sair desse quadro o mais breve possível” pontuou Priscila.

Doe qualquer quantia para a recuperação de Heitor pelo PIX 162.752.616-17. Compartilhe a história com familiares e amigos e aumente o alcance da ajuda para que o pequeno pinheirense consiga se recuperar. Link da Vakinha.


Compartilhe


Comentários

Anuncie Aqui
Padaria Nova Viçosa
Anuncie Aqui
Padaria Nova Viçosa
Zeppelin Lanches