Orthodontic
Unipam Ensino médio
Unipam Ensino médio

Covid-19: em reunião do novo comitê, prefeitura fixa início da onda amarela para segunda-feira

Piora nos dois indicadores que medem a velocidade do avanço da doença foram principal motivo para saída da microrregião de Patos de Minas da fase verde

Sexta 15/01/2021 - André Amâncio
Fonte: Prefeitura de Patos de Minas
Covid-19: em reunião do novo comitê, prefeitura fixa início da onda amarela para segunda-feira
Sicoob Credipatos 1

A nova formação do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 reuniu-se pela primeira vez no início da tarde desta sexta-feira (15). Na oportunidade, o prefeito anunciou que, por enquanto, manterá o município no Programa Minas Consciente, do Governo de Minas Gerais. O principal assunto tratado, inclusive, foi a regressão da microrregião de Patos de Minas para a fase intermediária do plano, o que implica mudanças nas atuais autorizações de funcionamento. 

“A partir do dia 18 de janeiro, estamos aderindo à onda amarela e, portanto, estaremos submetidos a ela”, disse Luís Eduardo Falcão Ferreira. “Entendemos o lado dos comerciantes e empresários que querem e precisam trabalhar, e não queremos prejudicar ninguém. Pedimos que haja razoabilidade no funcionamento dos estabelecimentos, das atividades, para que as pessoas que estão cumprindo as orientações não sejam prejudicadas pelas que não estão”, acrescentou.

Mudanças – As principais restrições da fase intermediária são a proibição de eventos de qualquer natureza. Cinema, que também havia reaberto, volta a fechar até o retorno para a fase mais flexível do Minas Consciente. No site do plano, a população pode consultar a tabela completa das atividades distribuídas por ondas.    

Por que regrediu? – Segundo a planilha do Minas Consciente, a piora nos dois indicadores que medem a velocidade do avanço da doença foram o principal motivo para a reclassificação da microrregião de Patos de Minas da fase verde para a amarela. A variação de positividade subiu de – 39% na semana anterior para 78%, enquanto a variação da taxa de incidência passou de – 37% para 65%.

O painel de monitoramento da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) aponta 477 novos casos nos primeiros 15 dias deste ano e 502 na última quinzena de dezembro, números esses que refletiram na piora desses indicadores. Da última semana para esta, o único índice que permaneceu no mesmo grau de risco (verde) foi a disponibilidade de UTI/SUS por cem mil habitantes: variou de 19 para 14,2 de uma semana para a outra.

O grau de risco agrupado da microrregião subiu de 3 para 16. Na macrorregião Noroeste, que também está na onda amarela, o grau de risco foi de 7 para 14.  


Compartilhe


Comentários

MT Imports
Rei dos Jeans
Padaria Nova Viçosa
Refrigeração Vieira
MT Imports
Rei dos Jeans
Padaria Nova Viçosa
Refrigeração Vieira